0 ítens - R$ 0,00 Entre em contato conosco! (+55) 11 3230 7042

Facebook

Main Content

AVALIAÇÃO DE INTRUSÃO DE VAPORES


Utilizando os espigões Vapor Pin® para Avaliações de Intrusão de Vapores
O Vapor Pin® tem diversas aplicações, mas foi especialmente desenvolvido para coletar vapores do solo para avaliações da intrusão de vapores. O vapor do solo que está diretamente abaixo do pavimento de um edifício – vapores do contrapiso – é o que melhor representa o risco de intrusão de vapores, devido ao fato de ser o mais próximo do ar em um ambiente fechado. Ao contrário do ar em ambientes fechados, o vapor do subsolo geralmente não contém contaminação proveniente de fontes interiores ou exteriores. Os vapores do contrapiso  são mais representativos das condições interiores do que os vapores mais profundos, sendo mais simples de coletar utilizando um equipamento manual e portátil.

Precisa de mais informações? Visite nossa página e entre em contato conosco hoje mesmo!

Os vapores do contrapiso são normalmente coletados previamente à coleta de uma amostra de ar proveniente de ambientes fechados. Um ou mais Vapor Pins® são instalados por meio da perfuração de furos com 15.88mm (5/8 polegadas) no chão com uma furadeira, instalando os mesmos de acordo com os Procedimentos Padrões de Instalação (SOP).
Para um único evento de amostragem, podem ser utilizados Vapor Pins® de bronze instalados na configuração “stick-up” com a espiga acima do nível do piso. Caso haja necessidade de amostragens repetidas, recomendamos a instalação de Vapor Pins® de aço inoxidável na configuração de montagem permanente “Flush Mount”.

Após instalar o Vapor Pin® e permitir o equilíbrio dos vapores do solo durante duas horas ou mais, conecte o canister tipo Summa, TO-17, ou outro recipiente de amostragem ao Vapor Pin®, realize a purga do espaço vazio no trem de amostragem(sample train), e em seguida colete a amostra conforme descrito no Procedimento Padrão de instalação.
Como as fontes de vapores estão geralmente localizadas longe dos locais óbvios, como tanques enterrados ou áreas com manuseio de óleo, conforme discutido no memorandum “Utilizando Vapor Pins® para Caracterização de Fonte de COV”, recomendamos a realização de uma avaliação do campo em localizações adicionais próximas a fonte com potenciais de contaminação.

Siga sempre as diretrizes apropriadas quando avaliar a intrusão de vapores. Algumas agências reguladoras possibilitam ou recomendam a utilização do Vapor Pin®, mas há outros guias que poderão impedir o uso de determinados equipamentos.

 

BAIXAR PDF